Electrolux Memory

Café no Mundo, Inspiração
Em 24 de setembro de 2012
Durante o cafezinho do(a)

Num primeiro olhar fica difícil identificar que a Electrolux Memory é na verdade uma máquina de café, sua forma futurista não revela muito sobre suas funções.

Além do design ser intrigante, a maneira como a máquina trabalha irá surpreender, é uma invenção de WenYao Cai, e uma das finalistas do Electrolux Design Lab 2012, a parte plana de cima da máquina funciona como um scanner biométrico, scaneia a palma da sua mão e inicia o preparo de sua bebida favorita.

Após configurada, a Electrolux Memory irá preparar seu café preferido com um simples toque, basta colocar uma caneca embaixo e aguardar.

Não encontrei maiores informações sobre a máquina, como por exemplo, a possibilidade de configurar mais de uma bebida por pessoa. Ainda trata-se de um protótipo, mas espero que logo esteja a nosso dispor, achei o design e a ideia sensacional, e você gostaria de uma máquina dessas em casa?

Veja os outros finalistas do Electrolux Design Lab 2012.

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

A Trilogia Nikopol

HQs
Em
Durante o cafezinho do(a)

Enki Bilal, é o nome desse Iugoslavo que recentemente me surpreendeu positivamente com a sua mais famosa obra, até então não havia lido por completo a A Trilogia Nikopol, o que pude fazer recentemente, graças ao excelente trabalho da Editora Nemo, que lançou no Brasil em uma edição luxuosa os três livros juntos, A Feira dos Imortais (1980), A Mulher Armadilha (1986) e Frio Equador (1992).

a trilogia nikopol

A história se passa no ano de 2023, numa Paris totalmente devastada pelo facismo e seus líderes, onde pessoas convivem normalmente com seres extraterrestres, deuses egípcios com cabeça de animais, pessoas coloridas, as mulheres são tidas meramente como objetos de reprodução e as doenças se alastram.

Logo nas primeiras páginas de A Feira dos Imortais a arte de Bilal impressiona ao mostrar uma pirâmide voadora parada sobre Paris e dentro dela alguns deuses egípcios como Anúbis, Bastet, Thoth, Khépri e Bes jogam Monopoly. A pirâmide está parada sobre a cidade pois precisam de combustível para continuar, e assim negociam com o governo parisiense o fornecimento do que precisam para seguir viagem.

 

A história é cheia de reviravoltas e conspirações políticas, onde Hórus, o deus egípcio revoltado, usa o astronauta Alcide Nikopol, que estava congelado no espaço durante anos, para tomar o poder e destituir os atuais governantes.

enki bilal

No segundo livro temos a presença impecável da jornalista Jill Bioskop, A Mulher Armadilha, que possui todos seus pêlos na cor azul e mesmo assim consegue ser estranhamente atraente. Viciada em drogas que apagam sua memória, Jill aborda temas como corrupção, a situação dos imigrantes na Europa e toda o burburinho político europeu.

a trilogia nikopol

 

Em Frio Equador Enki Bilal finaliza a história de uma forma que causa muita estranheza e também fascínio, temos um mundo muito parecido com o atual, nesse momento da história estamos em 2034, com mudanças climáticas assustadoras e muita corrupção. O enredo se passa em Equador City, cidade localizada no centro-leste africano, na linha do Equador e dominada pela organização corrupta chamda KKDZO.

O próprio Enki Bilal dirigiu uma adaptação para o cinema de sua obra, o filme foi lançado em 2004 e chama-se Immortel, ainda não assisti, mas está na lista e talvez role um review. http://en.wikipedia.org/wiki/Immortal_(2004_film)

immortel

Em a Trilogia Nikopol, Bilal conseguiu fazer uma obra atemporal, cheia de referências e críticas que caem como uma luva na nossa sociedade, recomendo muito que leiam, se não conhecem o trabalho do autor, procurem também outras obras como Animal’z.

Gostaria de fazer uma menção ao excelente trabalho da Editora Nemo, a edição da Trilogia Nikopol é impecável, capa dura, num tamanho digamos assim ‘gigante’ que realça o trabalho de Bilal com suas formas e cores com papel de excelente qualidade, enfim um álbum indispensável na sua coleção.

 

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

Livro – Deuses Americanos

Livros e Autores
Em 15 de setembro de 2012
Durante o cafezinho do(a)

Deuses Americanos é considerado o melhor romance do roteirista de Sandman, Neil Gaiman.

 

O livro conta a história de Shadow, que ao sair da prisão é recrutado por um homem misterioso conhecido como Wednesday, sem nada a perder Shadow aceita o emprego e passa a acompanhar seu novo patrão. Com o decorrer dos fatos Shadow descobre que Wednesday é simplesmente Odin, o maior dos deuses, uma referência que fica clara já no início do livro, pois Quarta-feira é o dia de Odin, e que está sendo usado em uma guerra que Odin planeja começar contra os novos deuses, que tomaram conta das Estados Unidos após os deuses antigos terem sido abandonados por seus fiéis, esses novos deuses são conhecidos como Internet, telefone celular, cartão de crédito entre outros.

neil_gaiman

Neil Gaiman

Shadow parte pelos Estados Unidos atrás dos antigos deuses, trazidos a América através da crença dos imigrantes vindos do Velho Mundo, os recrutando para a batalha, Gaiman nos mostra conhecidos deuses da antiguidade, antes reverenciados e poderosos, vivendo como mendigos, prostitutas e golpistas, posições nada condizentes com seus antigos status.

“Não diga que um homem é feliz – disse Shadow – até que ele esteja morto.”

A história de Deuses Americanos é viciante, Gaiman consegue nos prender e transmitir a angústia que Shadow está passando enquanto vive aquela guerra que está muito além de sua compreensão, a dualidade dos personagens também é um ponto forte, nunca sabemos ao certo quem é o bonzinho da história, o que torna tudo mais intrigante ainda.

“Tinha só um cara na Bíblia inteira pra quem Jesus prometeu pessoalmente
um lugar no paraíso do lado dele. Não foi pra Pedro, nem pra Paulo,
nem pra nenhum daqueles caras. Ele era um ladrão condenado,
que estava sendo executado. Então, não fica tirando uma dos caras
no corredor da morte. Talvez eles saibam de alguma coisa que você não sabe.”

A narrativa é uma clara crítica a sociedade baseada no consumo e obssecada pelo dinheiro e pelo poder que o mundo se tornou, esquecemos de nossas verdadeiras crenças e passamos a adorar inovações tecnológicas que acabam nos afastando do que realmente importa, Gaiman conseguiu criar um universo onde coloca todas essas reflexões na cabeça do leitor.

Quero recomendar a todos que leiam o livro e conheçam outras obras do autor, principalmente Sandman e Lugar Nenhum, depois voltem para contar o que acharam e suas reflexões sobre essa nova sociedade e seus novos deuses. O livro está em sua terceira edição, pela Editora Conrad, sugiro que corram atrás pois geralmente as edições esgotam rapidamente.

“Uma questão que sempre me intrigou é o que acontece com os seres demoníacos
quando os imigrantes se mudam de sua terra natal.
Americanos de ascendência irlandesa lembram-se das fadas, americanos de
ascendência norueguesa, das nisser, americanos de ascendência grega, das
vrykólakas, mas só no que diz respeito a eventos acontecidos no Velho
Continente. Certa vez, quando perguntei por que tais demônios não são vistos
nos Estados Unidos, meus informantes riram confusos e disseram: “Eles têm
medo de cruzar o oceano, é muito longe”, chamando a atenção para o fato de que
Cristo e os apóstolos nunca estiveram na América.”

Trecho do livro de Richard Dorson, “A Theory for American Folklore”, American
Folklore and the Historian, que abre o livro de Neil Gaiman.

Algum tempo atrás o próprio Neil Gaiman disse que havia vendido os direitos do livro e o mesmo seria adaptado para o cinema, aguardamos ansiosos.

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

David Lynch

Espressos
Em 14 de setembro de 2012
Durante o cafezinho do(a)

Você concorda com David Lynch?

David Lynch

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

Café como Inspiração

Arte com Café, Inspiração
Em 9 de setembro de 2012
Durante o cafezinho do(a)

O café continua servindo de inspiração, achei sensacional esse abajur de copo de café, é muito simples e embeleza qualquer ambiente.

Composto por lâmpadas led e 3 copos para variar a decoração,  inclusive uma delas você pode personalizar como quiser, a alimentação é via conexão usb ótimo  para quem passa as madrugadas digitando ou pilhas comuns.

Enjoy It.


Ficou interessado, clique aqui, disponível na L3 Store.

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

Jamaicaderos um ska porteño

Cultura, Música
Em 4 de setembro de 2012
Durante o cafezinho do(a)

Estava passeando pelo centro de Buenos Aires com minha família e eis que temos uma grata surpresa, uma banda de Ska fazendo um baita som, paramos para ouvir por algum tempo e me obriguei a comprar o album dos caras.

A banda em questão chama-se Jamaicaderos, apresentam-se pelas ruas de Buenos Aires, fazem ska, reggae, jazz entre outros ritmos.

 

Depois, pesquisando mais sobre a banda descobri que possuem dois albuns gravados, “Pequeñas imperfecciones” e “Camino libre”, ambos são ótimos, músicas swingadas e de alta qualidade.

O vídeo abaixo foi gravado na rua Defensa, ao lado da Feira de San Telmo (Praça Dorrego), um dos bairros mais tradicionais de Buenos Aires, lar do cartunista Quino e sua Mafalda, que está sempre lá, sentanda em um banco na esquina das Ruas Chile e Defensa.

O outro vídeo foi gravado na Calle Florida, onde encontrei a banda tocando.

Se você for pra Buenos Aires, vale a pena conferir o Facebook dos caras, pra ver onde estarão tocando e curtir, garanto que vale muito a pena.

Você pode ouvir as músicas no MySpace da banda.

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

The Dark Knight Rises

Filmes
Em 7 de agosto de 2012
Durante o cafezinho do(a)

Depois de muita espera e ansiedade, finalmente o desfecho do mundo de Batman criado por Christopher Nolan nos foi apresentado, reunimos três integrantes da Turma do Café para falar sobre o filme e expor suas opiniões, e vocês já assistiram? O que acharam? Deixem seus comentários.

@alexndf
Tenho visto diversas opiniões sobre o novo filme do Batman, sendo que a mais comum delas é compará-la ao sucesso de 2008, onde o falecido Heath Ledger alavancou a popularidade do longa (parte disso devido a sua morte precoce, mas essa discussão vai looooonge). O erro é exatamente esse, a comparação. TDKR não é um filme solo e não deve ser comparado da mesma forma. A trilogia de Nolan é um filme único de 450 minutos. Se ainda assim você quer uma comparação, posso dizer o novo filme é tão bom quanto o antecessor. A trilha de Hans Zimmer continua arrasadora; a direção de Christopher Nolan é impecável; Morgan Freeman, Gary Oldman e Michael Caine dão uma verdadeira aula em cena; e Anne Hathaway… bom, não tenho muito o que dizer sobre ela estar vestida de couro, de cima a baixo se remexendo como uma felina. ;) Meu único problema continua sendo Christian Bale, que, na minha opinião, não é o Batman. Também não acho que Tom Hardy no papel de Bane foi a melhor escolha, mas ficou interessante essa remodelagem de visual para um diretor que preza a realidade nos seus filmes, ao invés da fantasia. Enfim, assista aos outros dois filmes e vá ver essa saga (infelizmente) terminar. Ah, e se você ainda tem aquele preconceito que “super-herói é coisa de criança”, se desfaça deles: um novo Superman vem ai, com Nolan e Zack Snyder (Madrugada dos Mortos, 300, Watchmen) trabalhando juntos.

Batman vs Bane.

@malditovivant
Batman é um personagem épico, filosófico e inigualável, depois de várias tentativas de diversosdiretores somente Nolan deu ao Homem Morcego o seu real Status. Este novo e último filmemostrou a todos que é possível tratar uma adaptação de quadrinhos com seriedade. Cristian Baleestá sensacional no filme, lembrando um pouco a versão Cavaleiro das Trevas [Frank Miller],outra prova da genialidade de Nolan foi trazer com seriedade dois personagens do mundo domorcego, Bane [um personagem aterrorizante, porém real] e a Mulher Gato [A sensualidade emcouro].

Anne Hathaway como mulher gato.

@fabiofaller
Tinha um expectativa altíssima em relação ao The Dark Knight Rises, depois do Coringa feito por Heath Ledger e o sucesso do filme anterior seria muito difícil criar algo do mesmo nível, mas Nolan conseguiu, não sei dizer se esse filme é melhor, mas não fica devendo em nada aos outros, Michael Cane está sensacional como sempre, Bane está aterrorizante, o vilão criado quebrar o Batman foi muito bem interpretado por Tom Hardy e ainda Anne Hathaway vestida em couro pilotando a BatPod. As homenagens prestadas por Nolan no filme, que é a sua obra mais fiel aos quadrinhos,emocionam qualquer fã . E ninguém domina a tecnologia iMax como Nolan, o filme é impecável, e pra completar tudo isso a trilha excelente de Hans Zimmer. Imperdível!!!

O mito Christopher Nolan.

E lembrem-se, se você se divertiu no cinema, o filme cumpriu seu papel.

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

Filme – A Todo Volume

Filmes, Música
Em 1 de agosto de 2012
Durante o cafezinho do(a)

Pra mim música tem que ter guitarra, me desculpem os adoradores de batidas tecno, sambistas, etc, mas guitarra é essencial, e é de guitarra que fala o filme “A todo Volume” (It Might Get Loud) de 2009, dirigido pelo documentarista vencedor do Oscar por “Uma Verdade Inconveniente” Davis Guggenheim.

 

Guggenheim chamou Jimmy Page, The Edge e Jack White, representando três gerações de guitarristas com estilos completamente diferentes, para fazer um som e falar da sua paixão pelo instrumento.
O filme inicia de uma forma totalmente inusitada, com Jack White improvisando uma guitarra com alguns pedaços de madeira, uma garrafa de refrigerante, arame e pregos, conhecida como diddley bow, depois de fazer alguns acordes com o instrumento recém construído ele pergunta: “Quem disse que você precisa comprar uma guitarra?”.

A Todo Volume fala de paixão, paixão pela música e pelo instrumento, buscando a história dos guitarristas, tentando mostrar o que levou cada um a criar seu próprio estilo apresentando uma visão desconhecida dos músicos, como a infância de Jack White em Detroit e como essa etapa influenciou no seu som, Jimmy Page parecendo criança ao mostrar sua gigantesca coleção de discos e fazer alguns acordes de “Whole Lotta Love” sob os olhares fascinados de The Edge e Jack White, até mesmo o reservado The Edge, comentando o som horrível que ele e seus colegas faziam na escola e mostrando as fitas cassete que deram origem ao album Josua Tree do U2 de 1987, tudo isso, é claro, com muitas guitarras.

O três se encontram em um estúdio em Los Angeles, cheios de guitarras, discos e um sofá, onde literalmente dão aulas sobre suas influências e estilo, e pra finalizar uma jam session com um hino do rock n’ roll, “The Weight” do The Band, executada com maestria.

Eu como apaixonado por música, guitarras e rock n’ roll, lhes digo uma coisa, o filme é imperdível, um filme para ver e principalmente para ouvir.

 

Blu-ray a venda na Livraria Saraiva.

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

Café no carro

Inspiração, Tecnologia
Em 19 de julho de 2012
Durante o cafezinho do(a)

Imagine você parado no trânsito, naquele final de tarde de um dia cansativo, sonhando com um bom espresso, pois a Fiat resolveu atender os seus desejos, a partir de outubro o novo modelo Fiat 500L terá como opcional uma máquina de café espresso Lavazza totalmente integrada ao carro, substituindo o suporte de copo.

Basta colocar água, uma cápsula Lavazza e você terá seu espresso na hora, em qualquer local.

O opcional da Fiata tem gerado alguma preocupação, pois especialistas em segurança alegam que essa pode ser mais uma distração ao motorista, mas a Fiat respondeu dizendo que a máquina Lavazza está bloqueada e só funciona com o carro parado, então ta tudo resolvido, deu vontade de um café, estacione e faça você mesmo.

Espero que essa novidade chegue logo ao Brasil.

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

Black Label Society no Brasil

Cultura, Música
Em 9 de julho de 2012
Durante o cafezinho do(a)

2012:

A produtora Top Link Music já confirmou através do seu site a volta do Black Label Society ao Brasil, em turnê com 5 shows, em Porto Alegre, Goiânia, Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo. As datas e locais podem ser acessadas pelo link, http://www.toplinkmusic.com/pt/tours.php

Show do Black Label Society, em Porto Alegre, Agosto de 2011.

2011:

(Publicado originalmente em 22/11/10)

“Atenção fãs brasileiros do BLS. Estaremos em turnê no Brasil em Maio 2011!”  é o que diz o site do Zakk Wylde em bom portugês.

Por enquanto sem datas, 2011 promete muito Heavy Metal, Iron Maiden, Ozzy, Metallica e Motörhead já confirmados, esperamos mais!!!

Site Oficial Zakk Wylde.

PS. Lembrando, Zakk Wylde é o guitarrista do Ozzy e considerado um dos melhores guitarristas do mundo.

 

Envie seu Comentário  Leia os Comentários